Curiosidades sobre o Parque Vila Velha (Ponta Grossa – PR)

 

O De Carona Pelo Ar passou por Vila Velha – PR!

Conheça mais sobre o destino, atrativos e roteiros.

O Parque Vila Velha está a apenas 90km de Curitiba, distância ideal para um passeio diferente de um a três dias. Assim, você aproveita para conhecer outras atrações dos Campos Gerais.

No parque, você usufrui de uma estrutura turística completa com estacionamento, recepção, bilheteria, restaurante, café, banheiros, lojas de presentes, ônibus, conexão Wi-Fi em vários pontos, câmeras de monitoramento e uma completa sinalização para aproveitar com conforto, segurança e muito conhecimento o seu passeio.

 

Preços para conhecer o Parque

Morador de Ponta Grossa: investimento de R$ 38,00 (mediante apresentação de Título de Eleitor ou comprovante de residência);

Promoção Você no Parque Vila Velha: investimento de R$ 49,00 (nesta promoção, o valor da meia-entrada, além de respeitar a legislação vigente no Paraná, é estendido para todos os visitantes de nacionalidade brasileira);

Inteira e Estrangeiros: investimento de R$ 98,00 (valor da inteira).

É importante ficar atendo aos horários de funcionamento do local, confira abaixo:

DOM: 9H às 17H

SEG: 9H às 17H

TER: FECHADO

QUA: 9H às 17H

QUI: 9H às 17H

SEX: 9H às 17H

SÁB: 9H às 17H

 

Atrações que você encontra no Parque Vila Velha

O local conta com uma série de atrativos para passar o dia e experienciar diversas aventuras. Confira abaixo o que você pode fazer dentro do local.

 

ARVORISMO

Com 120 metros de extensão, o circuito de Arvorismo conduz você por meio das copas de árvores, proporcionando um contato único com a natureza. Instalado num bosque com Araucárias, com até oito metros de altura, o circuito é composto por 10 atividades diferentes, entre escadas, pontes pênsil, cordas e outros obstáculos. São, em média, 30 minutos de muita adrenalina e contato direto com a natureza.

BALÃO ESTACIONÁRIO

Uma nova experiência com a natureza. Cada voo dura, em média, 10 minutos a uma altura próxima de um edifício de cinco andares (15m), que varia de acordo com as condições dos ventos. Do alto, é possível observar a natureza de um ângulo único e exclusivo.

TIROLESA

A Tirolesa leva você de uma extremidade a outra dessa grande cratera, numa extensão de 200 metros de liberdade.

CICLOTURISMO

Para quem quer conhecer os atrativos naturais e passear por todo o parque sem pegar o ônibus, pode usar a sua própria bicicleta. O passeio exclusivo de Cicloturismo conta com um percurso de 22km. Partindo do Centro de Visitantes em cima da “magrela”, o visitante segue rumo à Lagoa Dourada, depois visita as Furnas e finaliza o trajeto nos Arenitos. Em cada atrativo, o ciclo turista encontra um bike parking adequado para poder curtir cada lugar no seu tempo. Todo o circuito é sinalizado para que o visitante possa aproveitar ao máximo o passeio. Este passeio é autoguiado, tem valor de ingresso diferenciado e os interessados precisam trazer suas próprias bicicletas.

TRILHA DA FORTALEZA

Ao longo desse percurso, visita-se a ponta da Fortaleza, formação rochosa contínua com 7km de extensão, e atravessa-se a pé o Rio Quebra Perna, parando em sua maravilhosa cachoeira para um refrescante descanso e um piquenique inesquecível. O destino final? As exuberantes Furnas do parque. Das Furnas ao Centro de Visitantes, no final da tarde, o traslado é feito por ônibus para que o visitante possa apreciar outras belezas do parque. O ingresso para esse passeio é especial e exclusivo para essa atração.

CAMINHADA NOTURNA

Com o auxílio de um potente telescópio e sob orientação de um guia perito no assunto, a Caminhada Noturna oferece ao visitante uma visão única do céu em noites de Lua Nova ou Cheia. Uma verdadeira viagem de imersão no universo astronômico em um ponto privilegiado da Terra: o parque. Não é preciso levar lanterna, pois a luz da Lua ou das estrelas guia as caminhadas. Na Lua Nova é possível observar detalhes das estrelas, constelações e dos seres mais delicados e em maior número. Já na Lua Cheia, que banha os Arenitos com tons azulados, proporcionando uma caminhada inesquecível por sua trilha, o visitante consegue ver em detalhes a superfície lunar com suas grandes crateras. Os passeios são realizados aos sábados de Lua Nova ou Lua Cheia, com recepção dos participantes a partir das 17h30 para poder curtir o maravilhoso pôr-do-sol no Parque e início da atividade às 18h30 com término às 22h30. Os ingressos são vendidos exclusivamente pelo site (https://tickets.parquevilavelha.com.br/produto/3045) até se esgotarem.

ARENITOS

Os Arenitos começaram a se formar há 300 milhões de anos, após a compactação e endurecimento de frequentes camadas de areia, quando a região do parque estava próxima ao Polo Sul e o mundo era formado por um grande continente chamado Gondwana. Essas rochas possuem tom rosado devido ao cimento ferruginoso (óxido de ferro), o que determina também a existência de formações com diferentes resistências à erosão.

FURNAS

O parque possui 12 grandes buracos no solo conhecidos como Furnas, Dolinas ou Cavernas Verticais, com rochas sedimentares de origem marinha costeira cuja idade é de aproximadamente 400 milhões de anos. Atualmente, existem cerca de 50 Furnas na região dos Campos Gerais, sendo a maior parte rasa ou pouco desenvolvida. Entretanto, as do parque possuem características únicas. Algumas são secas, outras profundas, uma é mais estreita e outras mais extensas. As que possuem água em suas bases revelam uma interconexão subterrânea por um lençol freático, chamado de aquífero Furnas. Por isso, os lagos possuem o mesmo nível de altura na superfície e refletem a rica vegetação do local.

LAGOA DOURADA

Apesar de distante das duas Furnas mais profundas do parque, a Lagoa Dourada é considerada uma Furna assoreada e está integrada às demais pelas águas subterrâneas. Mas, por ser menos profunda e com grande abertura, suas águas cristalinas formam uma grande lagoa cuja superfície reflete o verde de suas margens, o azul do céu e o dourado do sol de uma forma única e encantadora. Sua profundidade pode ultrapassar a 12 metros (nível que foi possível sondar). Os estudos sobre seu preenchimento sedimentar revelam importantes informações sobre as mudanças paleoflorísticas, paleoambientais e paleoclimáticas na região. Isso ocorre pelo fato dela se situar numa área de transição da zona climática subtropical para a tropical, na qual coexistem ecossistemas diferenciados (Mata de Araucária, Campos Limpos e Cerrado).

Como chegar de ônibus

A companhia que faz a linha Curitiba-Ponta Grossa é a Princesa dos Campos. A viagem leva em média de 1h45min a 2h20min.

É possível sair de Ponta Grossa e ir direto para o parque de ônibus. O parque é servido pela linha 153 – Vila Velha via Panorâmico, que sai do Terminal de Oficinas. De segunda a sábado, os ônibus partem às 7h15, 13h e 17h10, e voltam às 8h10, 13h40 e 17h55. Aos domingos, as saídas são às 7h15, 11h, 15h30 e 17h10, voltando às 8h10, 11h50, 16h20 e 18h.

O parque proporciona experiências únicas proporcionadas pela natureza e pela história, vale a pena conhecer.

Crédito das imagens: Lucas Amorelli

Leia também

Curiosidades sobre Conde (PB)

Você conhece Conde, na Paraíba? Confira algumas informações sobre a cidade, exibida no 11º episódio da temporada.

Curiosidades sobre Aracaju (SE)

Você já visitou Aracaju, em Sergipe? Confira algumas informações sobre a cidade, exibida no 8º episódio da temporada.

Curiosidades sobre Lençóis (BA)

Você conhece a cidade de Lençóis, na Bahia? Confira algumas informações sobre a cidade, exibida no 7º episódio da temporada.

Curiosidades sobre Pancas (ES)

Você conhece Pancas, no Espírito Santo? Confira conteúdo exclusivo sobre a cidade, exibida no 6º episódio da temporada.

Curiosidades sobre Teresópolis (RJ)

Você já visitou Teresópolis, no Rio de Janeiro? Confira conteúdo exclusivo sobre a cidade, exibida no 5º episódio da temporada.

Curiosidades sobre Ilhabela (SP)

Você conhece Ilhabela, em São Paulo? Confira conteúdo exclusivo sobre a cidade, exibida no 4º episódio da temporada.

Líderes

Apoio

Quer saber mais?

Entre em contato conosco!

Skip to content